Sabemos que um dos principais objetivos dos varejistas é aumentar as vendas (uma pesquisa feita pela InfoVarejo apontou que 77% deles têm essa visão), seguido de reduzir despesas, comprar melhor, evitar perdas e melhorar a capacitação da equipe. Afinal, se a sua empresa conseguir realizar tudo isso, certamente, terá uma grande vantagem competitiva, você concorda?

Para isso, é preciso ficar de olho nas principais novidades mercadológicas, ter ideias inovadoras que resultem em implementações na sua loja e estar sempre de olho na opinião de seus clientes. Então, confira agora mesmo a importância da pesquisa de satisfação do cliente no varejo, em meio as principais tendências do segmento!

Pesquisa de Satisfação do Cliente como Ferramenta Estratégica

A pesquisa de satisfação do cliente é uma ótima alternativa para a sua loja conferir o grau de lealdade, saber se o seu consumidor encontra exatamente o que procura e também para avaliar em quais aspectos você pode melhorar para continuar crescendo e se destacando.

Sendo assim, ela deve ser vista como uma ótima ferramenta estratégica para você expandir o seu negócio. Você pode investir na pesquisa de NPS para varejo, que consiste em aplicar a pesquisa baseada no método Net Promoter Score.

A pesquisa de satisfação do cliente NPS é bem simples e objetiva: consiste em enviar apenas uma pergunta para os seus clientes “em uma escala de 0 a 10, o quanto você indicaria a nossa loja para um amigo?”. 

Ao receber as respostas você classifica os seus clientes entre promotores (os que estão muito satisfeitos com a sua loja), neutros (os que sentem que a sua empresa é indiferente) e detratores (os que estão muito insatisfeitos com o seu negócio). 

A partir disso, você criar diversas análises estratégias para promover o seu negócio. Se você quer saber mais sobre esta métrica, confira o nosso infográfico: Manual Net Promoter Score.

Integração da Loja Física com o E-commerce

mulher conferindo a loja virtual estando na física

A comunicação das lojas estará cada vez mais integrada. Portanto, o que o cliente encontra na loja virtual também encontrará na loja física, podendo avaliar o produto em um dos canais e comprar em outro, o que chamamos de omnichannel.

A integração da loja física com o e-commerce tem como principal objetivo proporcionar ao cliente uma boa experiência e comunicação mais efetiva. E aqui entram as pesquisas de satisfação do cliente, para você avaliar se está atingindo a satisfação deles, tanto no ambiente online, como em lojas físicas.

Inteligência Artificial como Suporte às Vendas

Não podemos negar que a inteligência artificial está cada vez mais presente nas nossas vidas, não é mesmo? Por isso, ela é uma tendência no varejo que pode trazer diversos benefícios para a sua empresa, inclusive, oferecendo um ótimo suporte às vendas.

Um ótimo exemplo para o varejo é a Magalu (assistente virtual do Magazine Luiza). Ela automatiza a interação com os usuários, responde dúvidas e ajuda o cliente na jornada de compra. Tudo isso é feito de uma maneira rápida, simples e eficaz. Como consequência, o Magazine Luiza aumenta as suas vendas e não precisa investir em uma equipe completa de especialistas para realizar o mesmo trabalho.

Dessa maneira, os seus funcionários focam em questões mais estratégicas, deixando essa parte burocrática para a Magalu. Interessante, não é mesmo? Então, saiba que a pesquisa de satisfação do cliente também é essencial para avaliar o atendimento prestado em todos os pontos de contato, seja em atendimentos automatizados ou humanizados.

Uso do CRM para Impulsionar as Vendas

letreiro escrito CRM

Customer Relationchip Management (CRM), ou Gestão de Relacionamento com o Cliente é um software que integra diversas estratégias para melhorar o relacionamento da sua loja com os seus clientes.

Antigamente, ele era utilizado apenas para realizar o cadastro do cliente, emitir nota fiscal e outras atividades mais simples. Hoje, há inúmeras possibilidades, tais como:

  • manter histórico de clientes;
  • emitir alertas quando é o momento certo para retornar uma ligação;
  • acompanhar a jornada de compra;
  • disparar e-mails automáticos;
  • fazer a integração com todos os serviços da empresa (administração, produção, logística, financeiro, vendas, marketing e outros);
  • conferir as necessidades do público que não estão sendo atendidas;
  • saber como o público se comunica com as empresas;
  • conhecer o que deve ser melhorado no processo;
  • padronizar o atendimento;
  • evitar problemas futuros;
  • oferecer suporte para impulsionar as vendas.

São muitos benefícios, não é mesmo? Por isso, saiba que o CRM estratégico se torna indispensável para o varejo. Ah! Além de todas essas possibilidades que citamos do software, ele ainda integra com plataformas de pesquisa como a binds.com,  o que automatiza os envios de questionários a partir dos atendimentos feitos por sua equipe.

Você gostou de conhecer algumas tendências do varejo e como monitorar experiências de clientes entre esses fatores? Então, aproveite para compartilhar este post com os seus amigos! Assim, eles também têm a chance de analisar as nossas ideias!

Fonte das imagens: Pixabay, Freepik

Author

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: