Utilizar o neuromarketing é fundamental para que sua empresa tenha insights importantes. Esta ciência tem como intuito compreender o como o subconsciente das pessoas age no momento da decisão de compra.

Desta forma é possível compreender o público-alvo, entender o que ele pensa e criar ações importantes para estimular a compra do seu produto ou serviço.

Vamos aprofundar sobre o que é neuromarketing e como utilizar este conceito para impulsionar suas vendas? Venha conosco!

Afinal, O que é Neuromarketing?

Podemos afirmar que, quando utilizamos a ciência para estimular as técnicas de marketing, estamos trabalhando com o neuromarketing.

Saber como os processos cerebrais funcionam é importante para identificar quais são as melhores propagandas e outras maneiras de tornar a sua marca perceptível aos olhares dos consumidores.

Para isso, estudam-se quais áreas do cérebro são estimuladas no momento de decisão da compra, avaliando como ele se comporta em determinadas situações.

Para você ter uma ideia, a primeira empresa no Brasil que desenvolveu pesquisas sobre a neurociência (Forebrain), afirma que 90% das informações que chegam ao nosso cérebro são processadas de uma maneira inconsciente.

Quando sua marca compreende os conceitos do neuromarketing, consegue criar ações voltadas para que o consumidor processe as informações da melhor maneira possível – podendo nortear todas as divulgações da sua marca.

Celular escrito na tela online marketing e indicadores comerciais subindo

Como Usar o Neuromarketing

Este excelente aliado para alavancar as vendas funciona em qualquer tipo de negócio, basta adaptar as estratégias e encontrar as melhores ações que funcionem com o seu público. Quer saber como fazer isso? Confira algumas dicas!

– Como Estimular os Sentidos dos Clientes

Estimular os sentidos dos clientes é uma estratégia valiosa provinda do neuromarketing. No mundo online, é possível aguçar os sentidos do público por meio da audição e visão, com vídeos, imagens, músicas e áudios memoráveis.

As pesquisas de mercado apontam que a melhor solução é apresentar aos clientes o quanto o seu produto ou serviço é inovador e apresentará ótimos benefícios.

Por exemplo, se você tem um e-commerce de roupas, mostre o quão confortável é utilizar aquele determinado tecido em uma ocasião específica. Assim, você usa a linguagem verbal para estimular as sensações de quem está vendo o produto.

– Utilize Cores Estratégicas

É fundamental que a identidade visual da sua empresa seja criada por um profissional capacitado e que entenda de neuromarketing. Isso deve acontecer porque as cores têm influência direta nas emoções das pessoas.

Por exemplo: você já reparou que muitos sites de emprego utilizam a cor azul? Isso porque, de acordo com o neuromarketing, essa cor é a que mais capta profissionais qualificados e experientes para o mercado.

– Crie um Storytelling Criativo

Nada melhor do que alguém ler um conteúdo e pensar: isso foi escrito para mim!

Uma das ferramentas do neuromarketing é o storytelling: técnica de utilizar histórias em campanhas. Isso porque, quando você conta uma história encantadora, seja real ou fictícia, faz com que o cliente sinta-se emocionalmente engajado.

Portanto, vale investir em um bom roteiro que realmente atraia e conquiste seu público. Essa estratégia resulta em envolvimento para a marca porque faz com que as pessoas curtam, comentem, compartilhem e indiquem para amigos.

– Invista em um Ótimo Layout de Site

Pessoas arquitetando layout de site

Utilize a mesma combinação de cores da identidade visual da empresa no site. Além disso, ele precisa ser responsivo (que se adapta a diversas telas), com fontes atrativas e com impacto positivo na mente do consumidor.

Aproveite e insira botões de redes sociais para fazer a integração de todos os canais da empresa. Invista em uma boa arquitetura da informação e crie todo o site baseado em proporcionar uma excelente experiência ao usuário.

– Crie Senso de Urgência nas Campanhas

Outra estratégia que funciona muito bem no neuromarketing é utilizar o senso de urgência nas campanhas. Por isso, use sempre expressões como “conheça agora mesmo”, “últimas unidades”, “aproveite o desconto relâmpago”.

Essas mensagens precisam ser escritas com as cores da sua empresa e utilizando o mesmo padrão visual de todas as campanhas. Contudo, saiba dosar essas expressões para não se tornar algo muito apelativo e ter efeito contrário.

E aí, o que achou das nossas dicas de neuromarketing? Compartilhe este post com outros gestores e mostre como eles podem utilizar essa técnica!

Imagens: DepositPhotos, Pexels
Author

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: