Com certeza sua empresa deve investir em métricas para acompanhar o sucesso do seu negócio, certo? Então, provavelmente, você já deve ter ouvido falar no churn rate: o indicador que avalia o quanto a sua organização perdeu tanto de receita quanto de clientes.

O churn tem um efeito completamente negativo para a sua marca, porque ele representa o índice de cancelamento dos seus clientes. Dessa maneira, se a sua empresa anseia por crescer no cenário competitivo atual, é importante aprender sobre essa métrica fundamental para o seu negócio.

Vamos conhecer mais sobre esse conceito e descobrir como diminuir o churn rate para reter mais clientes? Confira nosso post!

Churn Rate: O que é?

Traduzindo, o termo churn significa algo como: batedeira, agitar, trazendo a ideia de rotatividade. Dessa maneira, churn rate é a taxa de abandono ou de cancelamento da sua base de clientes de um determinado período. Normalmente, são aqueles clientes que:

  • Não entendem as soluções da sua empresa;
  • Gostam do seu produto, mas não do atendimento (ou vice-versa);
  • Não geram fluxo de caixa;
  • Não veem valor no seu produto ou serviço;
  • Optaram pelo produto da concorrência.

Aprenda como Calcular o Churn Rate

Para calcular a métrica é necessário avaliar o número de clientes que cancelaram as compras em um determinado prazo (normalmente anual ou mensal). Depois, siga a seguinte fórmula:

Churn Rate = total de clientes cancelados no mês/total de clientes ativos no mês x 100 (para calcular a porcentagem)

Por exemplo: Se, no começo do mês, havia 100 clientes na sua empresa e, no final do mês, você percebeu que havia perdido 10, a sua conta ficaria assim:

Churn Rate = 10/100 x 100 -> 0,1 x 100 -> 10

Neste caso, você teve 10% de churn rate.

Assim, saber o conceito e aprender a calcular a taxa de churn é essencial para compreender a real importância dela para os negócios. Afinal, esse indicador pode identificar se a sua empresa está crescendo ou se precisa de melhorias para continuar prosperando.

escritório com mesa e cadeira de brinquedo e um boneco triste, representando um empresário avaliando o churn

6 Dicas para Diminuir o Churn Rate e Reter mais Clientes

Obviamente, quanto menor a taxa de churn, melhor é para a sua empresa. Contudo, precisamos compreender que essa métrica depende de muitas variáveis, tais como:

  • Entender o público-alvo;
  • Verificar qual é o valor do produto ou serviço;
  • Analisar quais são as estratégias de marketing;
  • Conferir a realidade do mercado;
  • Avaliar o poder da concorrência.

Depois de compreender os motivos que interferem na realidade do seu negócio, é hora de conhecer algumas estratégias para diminuir o churn rate. Confira:

1. Faça com que o seu produto seja indispensável

Os clientes precisam enxergar valor na sua empresa e no seu produto. Assim, é necessário entregar soluções inovadoras e criativas, fazendo com que eles sintam que o seu produto é indispensável para a vida deles.

Dica binds.co: Aproveite para conhecer nossos serviços e soluções que agregam valor às relações com seus clientes!

2. Mantenha os clientes engajados

Invista em boas estratégias de marketing para manter os clientes engajados com a sua marca. Ideias como mandar um presente no aniversário e realizar bons sorteios em datas comemorativas são algumas maneiras de mantê-los sempre perto da sua empresa.

3. Entenda as necessidades do seu cliente

Realize uma pesquisa de satisfação para compreender se o cliente está motivado com o seu produto e serviço. Assim, você poderá encontrar os “furos” e maneiras para solucioná-los e superar as expectativas do seu cliente.

4. Proporcione boa experiência em todos os canais

Quando o seu prospect navega no seu site, faz um questionamento nas mídias sociais ou até mesmo compartilha um post, a sua empresa precisa responder imediatamente. Assim, mostra que ela está pronta para solucionar as dúvidas do seu cliente e que se preocupa em entregar uma experiência rica para o usuário.

5. Mensure os resultados das estratégias

Invista no acompanhamento das ações para mensurar os resultados. Confira se as suas estratégias estão gerando os frutos esperados. Em caso negativo, aperfeiçoe as ações e o planejamento.

6. Invista no feedback constante

Avalie a opinião dos seus consumidores de forma constante. Assim, você identifica quando ele está prestes a abandonar a sua empresa e encontra maneiras para não deixá-lo ir. Os feedbacks ajudam a compreender as razões do churn no seu negócio.

boneco empresário avaliando o retorno positivo da redução da sua taxa de churn e aumento da produtividade

Nenhuma empresa quer ver seus clientes desistindo dos seus produtos ou serviços. Nesse cenário, é essencial conhecer o que é churn rate e saber como calculá-lo, porque ele ajuda na manutenção dos clientes e faz com que o seu negócio prospere.

Se você gostou do nosso conteúdo, aproveite para conhecer nossa calculadora NPS e simule o grau de satisfação e lealdade de seus clientes.

Imagens: Gowide, Pixabay
Author

Co-fundador e CPO da Binds.co, solução completa para pesquisas de Satisfação do Cliente.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: