Este artigo foi criado pela equipe Peepi para uso exclusivo do blog binds.co.

A maneira como as pessoas compram produtos e serviços passou por diversas alterações nos últimos anos. Uma das grandes mudanças é que, antes de realizar uma compra, as pessoas passaram a buscar aprender sobre os produtos e serviços por meio de fontes confiáveis

Uma pesquisa da NielsenIQ, revelou que 92% das pessoas confiam em recomendações de amigos e conhecidos sobre produtos e serviços. Isso significa que, mesmo sendo impactado com anúncios e informações publicitárias, um consumidor em potencial tende a procurar pela avaliação de outras pessoas antes de fechar uma compra. 

Essa troca de experiências entre consumidores, o tradicional “marketing boca-a-boca”, é extremamente vantajoso para as marcas. 

Esse conceito acompanhou a ascensão das redes sociais e agora ganhou um novo formato: o Marketing de Defensores, ou Advocate Marketing, como é chamado em inglês.

Quer aprender mais sobre o Marketing de Defensores e entender como as empresas utilizam esse conceito como estratégia de vendas e reconhecimento de marca? Então continue lendo!

Afinal, o Que é Marketing de Defensores?

As marcas que mais crescem no mercado já se deram conta de que criar relacionamentos legítimos com seu público é a melhor maneira para promover seus produtos. Essas marcas transformam seus clientes em verdadeiros defensores das suas marcas. Isso é o Marketing de Defensores.

Um defensor de marca pode ser definido como alguém que confia e se identifica com uma empresa a ponto de estar disposto a recomendá-la a outras pessoas de forma espontânea. São consumidores que estão altamente satisfeitos com a organização.

Ao todo, podemos citar 3 principais tipos de defensores de marca:

1. Clientes

São pessoas que utilizam os produtos ou serviços de uma marca e estão altamente satisfeitos. Eles recomendam os produtos para seus amigos e conhecidos, interagem com a marca nas redes sociais e consomem mais que um cliente comum. São os chamados clientes promotores

2. Colaboradores

Colaboradores defensores são aqueles funcionários que defendem a marca em seus círculos sociais, declaram sua paixão por fazer parte da organização e indicam a empresa para potenciais futuros colaboradores, impulsionando o Employer Branding

Existe uma vertente do Marketing de Defensores especializada nesse público, chamada Employee Advocacy que é considerada a evolução do Endomarketing.

3. Entusiastas

Existem pessoas que não são clientes e nem colaboradores de uma marca, mas a defendem com paixão, mesmo sem nunca ter consumido os produtos. Um grande exemplo disso é a Ferrari. São pouquíssimas as pessoas que possuem um carro da marca, mas ela possui milhões de fãs em todo o mundo.

Clientes satisfeitos e engajados.

Marketing de Defensores na Prática: Case da Editora Sanar

A Sanar é uma empresa de educação em saúde que possui a maior comunidade virtual de profissionais da área, produzindo livros e cursos on-line com cerca de mil professores e autores dos principais centros de saúde e universidades do país.

Em 2019, a marca contratou uma plataforma de Marketing de Defensores com o objetivo de expandir o alcance da marca e aumentar as vendas dos seus cursos. 

Por meio de uma ferramenta de gamificação, foi possível engajar e mobilizar os maiores fãs da Sanar, propondo ações que envolviam o compartilhamento de conteúdos, reviews, depoimentos, indicações de novos clientes, recomendações e muito mais.

O resultado: em apenas um ano, o Programa de Embaixadores da editora resultou em 50% de crescimento em vendas da empresa. 

Como o Marketing de Defensores pode trazer Vantagens para sua Empresa?

Investir em defensores de marca ajuda a empresa a crescer mais rápido. Isso acontece porque os defensores impulsionam o “marketing boca-a-boca” e aumentam a credibilidade da marca, ajudando a conseguir mais clientes em menos tempo, e, consequentemente, aumentando a receita da empresa.

Segundo pesquisa feita pela McKinsey, uma empresa de consultoria empresarial, este tipo de divulgação está presente em cerca de 20% a 50% das vendas de uma empresa. 

Além disso, 50% a 80% desta divulgação são feitas por pessoas que já compraram e testaram o produto.

Isso quer dizer que os defensores da marca são leais e estão dispostos a fornecer feedbacks sinceros sobre seus produtos e serviços.

Além disso, os defensores compartilham o conteúdo da sua marca em seus perfis de redes sociais e escrevem reviews positivas em sites especializados, o que impacta positivamente a imagem da sua empresa.

Como Investir?

A melhor maneira de utilizar os defensores de marca é criando um Programa de Defensores de Marca. Empresas como a Peepi oferecem soluções especializadas para isso. Vale a pena conferir!

Você já conhecia o conceito dos defensores de marca? O que achou deste conteúdo? Compartilhe sua opinião nos comentários!

Imagens: Freepik. 

Author

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: