Seja qual for o seu negócio, se você anseia crescer no cenário competitivo atual, é necessário investir na coleta do feedback dos seus clientes e funcionários.

Somente sabendo o que eles pensam é possível mensurar se as suas estratégias estão dando certo ou se é necessário alterar algum investimento. E, para saber a opinião do seu público, muito provavelmente, você já ouviu falar que existem dois métodos: a pesquisa qualitativa e quantitativa.

A pesquisa de satisfação é uma poderosa ferramenta para descobrir o que as pessoas pensam sobre o seu negócio. Por isso, escolher entre pesquisa qualitativa e quantitativa é um dos primeiros passos para conquistar resultados assertivos.

Você se interessou pelo assunto? Quer saber qual é a melhor opção para o seu negócio? Então, leia o nosso post completo e entenda tudo sobre a pesquisa qualitativa e quantitativa!

Pesquisa Qualitativa e Quantitativa: Qual a Diferença?

Conheça a pesquisa quantitativa

Um dos tipos de pesquisa mais utilizados é a quantitativa. Ela, como o nome prevê, indica quantidade e números. Dessa maneira, são utilizadas informações numéricas para apresentar os dados sobre, por exemplo, o comportamento do consumidor.

Veja quando utilizar a pesquisa quantitativa

Imagine que a sua empresa tem 500 funcionários e você quer descobrir qual é o nível de satisfação referente ao novo software adquirido. Nesse caso, o ideal é investir em uma pesquisa quantitativa porque você precisa se basear nas estatísticas das respostas para definir se o investimento no novo software foi (ou não) eficaz — esses dados impactam diretamente na tomada de decisão.

Nesse cenário, há outro caso importante: quando você quer fazer uma pesquisa, mas não consegue coletar os dados de todos os usuários.

Por exemplo, você quer abrir um negócio de comidas sem glúten na sua cidade. Para isso, é necessário descobrir se as pessoas consomem esse tipo de alimentação. É claro que você não vai bater de porta em porta fazendo uma enquete. Por isso, você pode utilizar a pesquisa quantitativa pelo tamanho da amostra — determinação de um número x de entrevistados com relação ao número total do público-alvo.

Saiba como é a estrutura de uma pesquisa quantitativa

Imagine que você tenha que tabular 800 questionários com perguntas abertas. Certamente isso se tornará muito cansativo, você concorda? Por isso, como você já sabe que a pesquisa será aplicada em grande escala, invista em perguntas fechadas com respostas objetivas e claras.

Isso não significa que você não pode utilizar uma pergunta aberta, significa apenas que se forem perguntas de múltipla escolha fica muito mais fácil na hora de analisar os resultados.

Conheça a pesquisa qualitativa

A pesquisa qualitativa, como o nome prevê, é baseada na qualidade das respostas, e não na quantidade. O seu resultado não apresenta números e estatísticas, mas sim, a análise de um determinado padrão de comportamento. Ela é baseada em dados narrativos, porque interpreta as experiências individuais.

Assim, você pode utilizá-la para entender o comportamento do consumidor com relação a um determinado assunto, analisar as tendências de consumo e avaliar as motivações dos clientes.

Veja quando utilizar a pesquisa qualitativa

Quando você deseja descobrir as expectativas ou opinião dos seus clientes sobre um determinado assunto. A amostra é pequena e, como citamos, não é baseada em números.

Esse tipo de pesquisa é muito utilizado quando a empresa faz o lançamento de um produto e quer saber se os consumidores aprovaram.

Saiba como é a estrutura de uma pesquisa quantitativa

Você pode aplicar a pesquisa de forma individual ou em grupos, por meio da observação do comportamento ou por entrevistas.

Ela segue um padrão de perguntas para que todos os entrevistados possam dar a sua opinião sobre os mesmos tópicos. Contudo, os participantes devem explicar os motivos de suas respostas. Assim, o entrevistador avalia a sua postura e comportamento e pode levantar outras questões que surgirem ao longo da conversa e forem adequadas ao momento.

Resumindo: a pesquisa quantitativa é baseada em cálculos e números, enquanto a qualitativa é feita com base no caráter subjetivo.

Conhecer os tipos de pesquisa é importante para identificar qual é o melhor método para a sua empresa. Saber o que é e também quais são as principais características da pesquisa qualitativa e quantitativa é fundamental para acertar na escolha e conquistar resultados eficazes.

Você aplica pesquisa qualitativa e quantitativa em sua empresa? Conte-nos qual é a sua experiência, deixando um comentário no post. Sua opinião é muito importante para nós!

Fontes das imagens: Pexels.
Author

Co-fundador e CPO da Binds.co, solução completa para pesquisas de Satisfação do Cliente.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: